Política Anti-Fraude

A fraude em qualquer actividade é sempre moralmente reprovável e representa um dano contra terceiras pessoas e muitas vezes contra a sociedade em geral.

  

A tolerância social em relação à fraude varia em função do sector onde é praticada.

  

A fraude contra os seguros é um fenómeno social em relação ao qual a sociedade é ainda relativamente tolerante; essa aceitação implícita em parte existe porque não há consciência de que os efeitos da prática de fraude resultam efectivamente numa penalização dos clientes das seguradoras em geral.

  

Ao prestar falsas declarações à Companhia no acto de subscrição de um seguro, ou no momento da participação de um sinistro (seja pelo montante a pagar, seja por riscos não cobertos no contrato), a prática de fraude implica uma desvirtualização das bases técnico-actuariais, quer a nível de subscrição, quer a nível da tarifação.

  

Ou seja, todos os clientes são afectados nos preços dos seguros na medida em que algumas pessoas provocaram de forma directa e ilícita o aumento da taxa de sinistralidade, empolando os custos com sinistros.

  

Tendo em conta a importância qualitativa e quantitativa da fraude no sector segurador em geral a Groupama dinamizou um conjunto de procedimentos internos com o objectivo de prevenção, de detecção da fraude.

 

Princípios da Política Anti-Fraude

 

  • Sensibilizar e envolver todos os colaboradores Groupama, todos os intermediários regulares, parceiros e também os clientes na temática anti-fraude;
  • Exigir comportamentos profissionais e éticos a todos os nossos parceiros e fornecedores;
  • Implementar métodos e procedimentos precisos, eficazes dentro da Organização para o combate à Fraude;
  • Criar fluxos de comunicação fluidos e partilhados, dentro da Companhia para uma melhor divulgação de casos da prática de fraude;
  • Implementar ferramentas informáticas de apoio à prevenção e detecção da fraude;
  • Promover sempre que necessário acções de formação ou acções de partilha de conhecimento quer internas quer externas, à equipa de luta e combate à fraude;
  • Respeitar a legislação vigente nesta temática.

 

Comunicação de situações de suspeita de fraude

 
A Groupama criou o serviço Alerta de Fraude, com o objectivo de que todos os que interagem connosco sejam convidados a “integrar” a nossa equipa de luta e combate à fraude. Este é um serviço destinado a comunicar fraudes ou suspeita de fraude em seguros. É garantido o sigilo da identidade de quem efectua a participação.

 

Como Participar

 
A fraude ou qualquer suspeita de fraude pode ser comunicada em qualquer escritório da Companhia, ou em qualquer das novas agências ou escritórios de mediadores.

  

Se preferir, poderá preencher os dados da ocorrência on-line, com a garantia de confidencialidade, clicando aqui .

 

Registo de Fraude

 
O tratamento das participações é efectuado, em estrita observância com as regras de segurança, de carácter organizativo e processual.

 

Cooperação com outras entidades

 
Com o objectivo de acompanhar as tendências do mercado e ao mesmo tempo de colaboras na sua evolução, a Groupama participa activamente na Comissão Técnica da Fraude e nos grupos de trabalho da Associação Portuguesa de Seguradores (APS).

  

O Sistema de Luta e Combate à Fraude da Groupama é dinâmico, procurando sempre uma melhoria na prevenção e detecção de acções fraudulentas, promovendo uma atitude de cooperação entre as várias Empresas no mercado.

 

Enviar

Group@ma.net

Groupama é uma mútua de seguros, serviços bancários e financeiros, com uma distribuição multi-canal para servir os seus 16 milhões de clientes.